25a. Bienal do Livro de Sao Paulo

Convite Bienal do Livro


Lançamento do meu segundo livro infantil.

 

Participo  da antologia com o conto “A mulher que não tinha rugas”

 

05 DE AGOSTO -DOMINGO

Anúncios

Agora é o tempo…

IMG_1397.jpg

“ Há tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre, à margem de nós mesmos.”
( Fernando Pessoa )

img_9267

Pedra Furada, Urubici, SC (by @EthelP)

img_7851

Estrada da Serra do Rio do Rastro, SC ( by @EthelP)

 

Após subir a Estrada da Serra do Rio do Rastro e  visitar  Urubici, SC,  ter visto embaixo as belezas da região, encontrei o vídeo feito por Drone, ( Delta Drones) no Youtube, com a vista aérea. Fantástica complementação!  São lugares, para amantes da natureza, de belezas indescritíveis! São mais para sentir do que para olhar! Ou melhor, as duas coisas.

Não deixe de ver esse vídeo, são lindas imagens da natureza com toda sua exuberância!

 

 

img_9330

Rodovia aberta na Serra do Corvo Branco, SC    ( by @EthelP)

 

Morro do Campestre

 

fullsizerender

       Morro do Campestre, Urubici, SC.   (by @EthelP)

 

img_9323

Serra do Corvo Branco, Urubici, SC.  (by @EthelP)

Esta Estrada esta em obras e reformas, é outra alternativa semelhante a Estrada da Serra do Rio do Rastro que liga a planície ao Planalto, saindo em Urubici.

Além de ser um dos lugares mais frios do Brasil pela sua altitude, é onde o Aquífero Guarani, maior manancial de agua doce do mundo, pode ser visto a céu aberto. É um lugar que me fascinou por suas belezas naturais e biodiversidade.

img_9340

           Vales, riachos, araucárias…uma infinidade de belezas. (by @EthelP)

 

img_9295

                            Cascata Véu de Noiva, Urubici, SC.    (by @EthelP)

IMG_2794

Pomba, por Ethel

A foto fala por si só. Porem, a  linguagem dela difere das palavras, pois consegue ampliar seu significado através das emoções que evoca em cada um. Pode ter uma mensagem subjetiva que depende do olho do observador.

Fotografar pode ser um ato comum, ou arte. Assim como escrever. A sensibilidade de quem fotografa se faz notar ao observar o fotografado, ressaltando nuances e ângulos únicos do objeto, momento  ou pessoa em questão.

Imagens são uma forma de preservar e salvar memórias visuais e históricas, coletivas  e ou pessoais.

Na era digital, as imagens invadem nosso cotidiano de todas as formas, mais do que a escrita. A palavra falada se perde no vento, a não ser que seja gravada; a escrita esta sendo deixada de lado de certa forma, substituída por emoticons, símbolos e fotografias. Na era da rapidez, economiza tempo!

Todos tem uma câmera na mão, o tempo todo, com a popularização do telefone celular.

Nunca se teve tantas imagens circulando de qualquer canto do Planeta, a qualquer hora.

A era da imagem??

eyem-1

Por do sol, por Ethel

 

IMG_0713

 

REENCONTRO
Quem viveu sabe!

Dedico esta série a todos os que carregaram no peito e no coração o símbolo da estrela brasileira, a maior empresa aérea do Brasil, VARIG. Lendas nunca deixam de existir…!img_6841-1

Uma decolagem do passado para encontrar o presente.

A bordo pernas, braços, mãos, quepes, crachás, malas, faixas, lenços,
coracoes…
sorrisos e abraços, de tudo, muita emoção!

Uma mistura do ontem, do que foi e do que ficou, com o de hoje, ainda vivo e presente na memória, na imaginação, no coração.

Reencontro com pessoas, momentos, memórias, experiências, vivências.

Oportunidade de reviver, lembrar, elaborar muitas emoções que ficaram trancadas no solo, do último voo que não pode acontecer….!

Renascido das ruínas pelas mãos de pessoas sensíveis e sonhadoras, que acreditam no valor de um legado que se deixa para as próximas gerações, lá
img_6674-1 esta ele, lindo, garboso, cheio de charme, o DC-3 da VARIG.

Reencontro! Grande momento de libertar sentimentos que ficaram presos na bagagem despachada no porão, que nunca chegaram ao destino.
Hora de dissipar as nuvens negras que haviam se formado,
pois uma estrela ainda brilha no céu azul, Varig, Varig, Varig!img_6865-2

img_7142

                   Photo Ethel Peisker

 

Amizades não cultivadas tendem a sucumbir, como plantas sem cuidado. Se forem bem enraizadas duram mais tempo, mas sem cuidado e investimento de tempo, atenção, consideração, um dia também irão desaparecer. Deve ficar em seu lugar a marca da decepção, de quem não soube cultiva-la.

Assim como a planta e o solo são complementares, as amizades também são bilaterais. Não adianta um lado querer se o outro não retribuir. Em algum momento esse equilíbrio feito de cumplicidade, retribuição, consideração, deixará de existir.

Como disse alguém – “Decepção  não mata, mas faz muito sentimento bom morrer”.

Sempre depende de nós seguir ou parar; agir ou estagnar; cuidar ou relegar; cultivar ou deixar morrer. Com nossas amizades também é  assim.

Se for importante, cultive suas amizades!

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: