Florença, com sua Ponte Vecchio e grandes mestres…

No Centro Histórico de  Florença, difícil é olhar para os lados e não ver arte. Ela está por tudo. Na arquitetura dos prédios, igrejas, nas praças, nos monumentos, etc.

Por séculos nas mãos da família Médici, a cidade florentina, de origem etrusca, pode florescer na arte,  abrigando  muitos dos maiores mestres da pintura e escultura da Renascença.

Ao lado do Palácio Vecchio, a  Galeria Uffizi  é um caso a parte. Um mundo. Abriga a maior concentração mundial de arte renascentista. São em torno de 50 salas.  O Nascimento de Venus e as Quatro Estações, de Botticelli,  dominam uma das salas, onde fica uma multidão ‘babando’ em frente.  Por alguns bons minutos fiz parte desse aglomerado.  É uma pena que é  proibido registrar a visita por fotos ou vídeos.

 Pode-se estabelecer contato com  Michelangelo, Giotto, Caravaggio, Rafael, Leonardo da Vinci, Tiziano, Rubens e muitos, muitos outros.

Três horas foi pouco para percorrer os ambientes  recheados de obras de diversas épocas. Chega uma hora que o cérebro não registra mais, e as pernas não resistem.  São mais de cem mil obras expostas.  A esperança sempre é retornar uma próxima vez para ver mais um pouco.     Quem sabe?     Afinal, há muito para ser apreciado ainda.

Anúncios

2 comentários sobre “Florença, com sua Ponte Vecchio e grandes mestres…

  1. Maravilha Ethel! Firenze visitei com meu grupo de 4. semestre da Escola Superior de Artes, naquele tempo a farra ainda vinha antes da cultura. Mas tinhamos um bom Professor que soube nos incentivar e abrir os olhos para beleza da arte. Esta cidade nao abriga só arte ela também é um importante centro da moda. Nela estao radicadas entre outras as matrizes de Gucci, Prada e Roberto Cavalli. Os teus videos causam me grande alegria, nao só de rever a ti mas também estes monumentos que tanto me imprecionaram. Como por ex. o Batisterio di San Giovani um dos monumentos arquitetonicos mais antigos de Firenze. O predio tem elementos da época antes de Cristo, da época romana, bizantina e medieval. O portal que muito bem colocas em cena é de Lorenzo Ghiberti (1376-1455) fez a porta do lado norte e oeste em 27 anos de 1425-1452 cada relevo mede 80X80 cm, fundida em bronze e folhada em ouro. A obra de Ghiberti destaca-se por sua harmonia, ligado ao estilo gótico internacional e nos ideais da Renascensa. Era escultor, ourives, fundidor e no final de sua vida escreveu o livro “I Commentari” é uma contemplacao e esplanacao da arte italiana do século 14.
    Parabéns e um grande abraco.

    Curtir

Opine, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s