Poesia


O AVESSO DE MIM

Virada a pele curtida

Dentro, os nós

Dos momentos sós

Tantos

Prantos

Solidões

Paixões

Revezes

Fezes

Da Alma

Essa dama

Na cama

Do existir.

Fora, calma

Ora brava

Sempre ativa

Viva

Mesmo quando

Parece morto

Esse torto

Existir.

     Ethel  Peisker

   (  abril, 2005 )
Anúncios

2 comentários sobre “Poesia

  1. Agora posso dizer, que tenho uma amiga além de ser escritora também é poetiza. Gostei, é um interessante jogo de palavras. Meus parabens. Que tenhas muitas idéias assim cheias de criatividades.
    Grande abraco.

    Curtir

Opine, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s