Flores e Temporais

IMG_0950

     As azaléias estão no auge do seu encanto anunciando a primavera com certa antecedência. Afinal, pelo calendário ainda estamos no inverno. Mas quem disse que a natureza se interessa com nossos protocolos burocráticos?  Ela é dona de si mesma e nos traz aquilo que urge ser expresso.  Da suavidade de suas flores, à fúria de seus temporais. Da brisa refrescante das manhãs ensolaradas, ao rugido assustador dos trovões, rugindo sobre nossas cabeças como explosões de bombas invisíveis.  Do cantar dos pássaros alegrando o dia, ao som pesado da chuva açoitando o solo como um galope selvagem .

     Assim são nossos dias.  Cheios de paradoxos, desafios, encantos, encontros, partidas.  Tudo parte de um Todo Maior.       Viver cada momento, independente do estipulado, mas fiel ao que se apresenta, é aprender com a natureza. Ela abre suas flores sem se importar se alguém as verá ou apreciará.  Simplesmente floresce quando é a hora.  

    E nós?  Conseguimos expressar nosso dom, nossa criatividade, independente dos outros ou das circunstancias? ! Ou tendemos a buscar motivos, justificativas, desculpas, tipo – ninguém vai ligar mesmo, ou – quem vai se importar?    

    Conseguimos fazer o que precisa ser feito e quando?  Ou protelamos, empurramos, embromamos como se não fosse da nossa conta?  Esperamos tanto que a hora passa e a oportunidade perdida nos joga para um canto, aniquilados?

   Não deixe de florescer por temer os temporais. Tudo tem seu tempo determinado debaixo do céu.

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: