Finalmente!

24 de março de 2011

 

Muitos, 40 nos, e o sonho gestado se torna real.  As dúvidas muitas vezes boicotaram o caminho, quase destruindo a esperança de concretizar esse objetivo. Mas  clareza de visão, certeza de propósito e firmeza de atitude foram conduzindo o processo até aqui. Sou Jornalista. De formação. Sentir-me assim, só depois do primeiro trabalho pago. Há de ser logo. Já investi muito, nada mais justo que agora os frutos brotem e caiam na minha horta.

Fico, estou, sou feliz com esta conquista e comigo mesma por ter ido atrás, me enpenhado e realizado este desejo tão antigo.

Só se absorve a dimensão das coisas, dos eventos, quando se faz uma parada para apreciá-las. Tanto as boas como que não consideramos assim. E esse momento é de suma importância, é ele que nos faz perceber o real sentido do que nos acontece e à nossa volta. Assim conseguimos incorporá-los, e passam a fazer parte da nossa vida, da nossa história. É assim que é feita a história do mundo, do Planeta que conhecemos. Os pequenos pontos que representamos na tapeçaria da vida é que formam o quadro final daquilo que chamamos de civilização terrena.

Cuidar da nossa linha que irá formar o nosso ponto, é tarefa nossa. Temos nossos dons e eles precisam ser operados. Cada um sabe lá no fundo a que veio. Se não sabe, terá que descobrir. As vezes demora. Alguns perdem a hora. Tudo faz parte. O importante é nunca desistir.