Quer mudar sua vida? Ver novos horizontes?!

                                                                 Sunset at Douro River photo@EthelP

Algumas pessoas são  fonte de inspiração e mudança para quem se sente “empacado”, andando em círculos, sem ver saída.  Brilham e compartilham o seu brilho com o mundo! Lindo isso!

Consciência sempre foi e sempre é a resposta. Sem ampliar nossa visão interna não ampliaremos nosso mundo externo.

O grande psicólogo e filósofo  americano William James tem uma frase, que por sugestão minha escolhemos para nosso tema de formatura em Psicologia, em 1995:

“A maior revolução dos nossos tempos é a descoberta que ao mudar as atitudes internas de sua mente, o homem pode mudar a realidade externa de sua vida”.

Grande verdade. Deveria ser uma reflexão diária.

“Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum.”    Sócrates

Resumindo,   Homem conhece a ti mesmo – escrito no Oráculo de Delfos, nos tempos de Sócrates. O ser humano teve séculos para aprender, e o que fez até agora?

Repete os mesmos erros, as mesmas historinhas, as mesmas desculpas, insiste nos mesmos hábitos enraizados que levam sempre ao mesmo lugar…cada um sabe do seu!

Se estiver satisfeito, nem precisa continuar, esse post  não é para você. Mas se procura mudança e resultados diferentes em sua vida, assista esse vídeo

Anúncios

AS FERIDAS DA JORNADA

                                                                                                                 by @EthelP

 

                       “Aprendi com as primaveras a me deixar cortar para poder voltar inteira.”

                                                                                                                                                                     Cecília Meireles

 

Alguns acontecimentos da nossa vida podem nos marcar com intensidade.  São os aprendizados mais profundos e também os mais difíceis.  Provocam  feridas que levam tempo para fechar.

Esse é um período de recolhimento, de silenciar, de dar tempo para que tudo se regenere.

Fácil não é, mas necessário. Pode parecer que seu mundo parou, que nada faz sentido, que tudo é inútil.

Não é. 

É debaixo da terra, na escuridão e silencio que a semente é preparada para, quando tiver pronta, furar  a terra e finalmente deixar seus primeiros brotes surgir. Também somos natureza.

Quando passamos por esses momentos, é preciso se recolher, preservar, esperar.

Uma frase útil a dizer para nós mesmos pode ser:  EU SIGO!

Nada neste mundo permanece o mesmo ou é igual. Tudo muda o tempo todo!

 

Uma escritora americana, Ethel Williams,  disse uma frase que gosto de usar: 

“Tudo acontece sempre de novo e nunca é igual”   (Everything happens again and it’s never the same.)

 

by @EthelP

Fazendo espaço

Andei sumida do meu blog. Mas não só dele, da internet de modo geral.

Outras prioridades.

Vivendo um pouco a fase de deixar muito da “casca usada” para trás.

Lembro sempre de uma analogia de Bruce Lee, que disse que até certa época acumulamos, e depois começamos a esculpir os excessos.

Estou nessa fase. Jogar fora o que não preciso mais, ou passar adiante para quem puder usar. Recolocar outras, transformar, e, adquirir novas.

É uma reformulação, um  revestir do velho para um novo momento.

Minha casa, assim como eu, passamos por esse processo. O que está dentro se reflete fora, e vice-versa.

Por isso, escrever por escrever, não leva a nada. É preciso seguir um certo protocolo íntimo, perceber se algo é relevante ou não.

Nosso mundo passa por profundas transformações em todas as áreas. Clima, política, organização social, relações pessoais e profissionais e principalmente o modo como se dão as relações através das mídias sociais. O mundo todo está conectado, isso a pouco tempo era utopia.

Somos bombardeados com um volume tal de informação diariamente, que fazer a triagem do que é relevante se tornou um verdadeiro desafio.

Fazer uma retirada estratégica de cena  torna-se imprescindível para manter nossa sanidade. Só assim podemos  abrir espaço para o relevante, o essencial. E o essencial é invisível aos olhos, já dizia o Pequeno Príncipe.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: