O Homem Ideal

images 1

Quem tem o hábito de escrever , acredito, que como eu, deve guardar muitos rascunhos e rabiscos  nos cantos e nas gavetas.

Como escrevo desde minha  adolescência, tem muito papel de todos os calibres, incluindo guardanapos de restaurante, pois quando a inspiração vem, a gente acha um jeito de acolhe-la e lhe dar a forma das letras…

As vezes faço umas faxinas, mas sempre encontro coisas que me surpreendem de te-las escrito. Ou por seu toque de humor, ou por sua profundidade de sentimento ou por seu desabafo.

Hoje, organizando  umas gavetas,  encontrei um poema que fiz em 1982, com o título O Homem Ideal.  Imagine se lembrava disso?!  Naquele ano escrevi muitas coisas.  Atualmente isso é pouco comum. Vai saber por que?

Achei-o pitoresco e resolvi compartilhar.

O HOMEM IDEAL

O Homem Ideal

é aquele

que nunca aparece

mas que a mulher

enaltece

e procura

e se esquece

que é loucura

querer achar

um espécime tal!

O Homem Ideal

é aquele que se espera

uma vida inteira

na teimosia de acha-lo

em qualquer lugar,

der repente,

mas é bom sentar

numa cadeira

porque, gente,

ele não existe , não.

É só imaginação!

O Homem Ideal,

se existisse,

seria da comida o sal,

o lado humano do animal,

o brilho palpável

das estrelas,

a sensação de pegá-las

e não apenas vê-las.

O Homem Ideal seria

esse punhado de fantasia

transformado em realidade

mas isso é utopia,

não existe essa possibilidade.

 

Poa,  16/03/1982     (bem retrô…)

Anúncios

Poesia


O AVESSO DE MIM

Virada a pele curtida

Dentro, os nós

Dos momentos sós

Tantos

Prantos

Solidões

Paixões

Revezes

Fezes

Da Alma

Essa dama

Na cama

Do existir.

Fora, calma

Ora brava

Sempre ativa

Viva

Mesmo quando

Parece morto

Esse torto

Existir.

     Ethel  Peisker

   (  abril, 2005 )